Como usar o Google Tradutor: 11 dicas para não errar

Ferramentas de tradução automática, como o Google Tradutor, são uma mão na roda quando se trata de aprender novas palavras em um idioma que estudamos ou compreender um texto em uma língua que não conhecemos.

De fato, esses mecanismos têm se aperfeiçoado cada vez mais para fornecerem ao usuário as melhores experiências possíveis em termos de tradução, e, não podemos negar, conseguem sim gerar alguns resultados satisfatórios.

E neste aspecto, além de ser o mais abrangente – oferece opções de tradução em cerca de 100 idiomas -, o Google Tradutor é também a melhor ferramenta que existe hoje em dia nesse sentido. Está a cada dia mais completo e já é inclusive capaz de registrar algumas expressões que vão além da tradução literal. É bom lembrar também que você pode utilizá-lo tanto online quanto offline (baixando o aplicativo).

Mas a verdade é que mesmo ele pode nos colocar em algumas enrascadas se confiarmos totalmente nas respostas que ele nos dá. Por isso, selecionei algumas dicas de como usar o Google Tradutor sem comprometer o resultado final do seu trabalho. Acompanhe!

Como usar o Google Tradutor

  1. Traduzir palavras isoladas

Embora muita gente critique os mecanismos de tradução automática, eles podem fazer um trabalho muito bom quando o assunto é traduzir palavras isoladamente, como um dicionário. Nesse quesito, muitos deles – em especial o Google Tradutor – oferecem mais de uma opção para a tradução da palavra, inclusive quando ela possui significados totalmente diferentes.

É como no exemplo abaixo, em que traduzimos a palavra “língua”. Sabemos que a palavra língua tem dois sentidos em português: o de “idioma” e o de “músculo na boca”, e a ferramenta nos apresenta esses dois sentidos – e mais alguns outros.

como usar o google tradutor

Para diminuir ainda mais as chances de que a tradução esteja errada, prefira colocar as palavras no singular (no caso de substantivos e adjetivos) e no infinitivo (no caso de verbos).

2) Aprender ou confirmar a pronúncia de uma palavra

Essa também é uma boa forma de usar o Google Tradutor, pois a voz da ferramenta oferece uma pronúncia clara e correta das palavras.

E é muito fácil de fazer: basta selecionar o idioma de origem e de destino, digitar a palavra desejada na caixa e apertar no terceiro ícone abaixo da caixa (que representa um alto-falante). A palavra será pronunciada, geralmente de forma pausada, para que o usuário possa entender.

3) Traduzir páginas de sites

O Google Tradutor oferece a opção de traduzir páginas e até sites inteiros. Essa alternativa é ideal quando queremos entender de forma superficial o conteúdo de um site.

Para utilizar essa opção, abra o Google Tradutor normalmente e cole o endereço (www.enderecodosite.com.br) na caixa. Quando você apertar o botão “traduzir”, ele vai gerar uma versão da página na língua selecionada. É claro que a tradução passa longe de ficar perfeita, mas serve para quando precisamos apenas ter uma noção do que se trata a o conteúdo. Veja como ficou o meu site traduzido:

como usar o google tradutor

4) Traduzir textos em imagens (desde que pequenos)

Se você já esteve em um país no qual não falava uma palavra do idioma, deve ter se sentido perdido até olhando para as placas na rua. Nisso o Google Tradutor consegue ajudar você. Desde 2015, ele possui uma funcionalidade capaz de identificar textos em imagens e traduzi-los.

Então, se você está confuso com aquele sinal de trânsito ou com os pratos do menu, eis o que você pode fazer: selecione a opção de câmera da ferramenta (ícone que parece uma câmera), aponte para a frase que você quer decifrar e a tradução aparecerá na sua tela.

como usar o google tradutor
Fonte: Hypeness

Como NÃO USAR o Google Tradutor

Sim, se há formas de usar o Google Tradutor corretamente, com certeza há situações em que não devemos confiar nas respostas que ele nos dá. Veja alguns exemplos:

5) Traduzir expressões idiomáticas específicas de determinada língua

A expressão “to cut corners“, em inglês, significa “fazer algo mal feito, nas coxas”. Mas quando colocamos no Google Tradutor…

como usar o google tradutor

… ela se torna “para cortar custos”, e esse definitivamente não é o significado correto. Agora veja como a ferramenta traduzir “fazer nas coxas”:

como usar o google tradutor

O resultado ficou “to the thighs“, que não tem o mesmo sentido em inglês do que aquilo que queremos dizer em português.

6) Traduzir títulos de obras cinematográficas/literárias

A tradução de títulos de cinema e literatura é algo particularmente difícil de se fazer, pois envolve muito mais do que compreender um idioma: muitas vezes é necessário fazer adaptações, já que a tradução literal não faria sentido na outra língua (seja por questões culturais, gramaticais ou semânticas).

Por isso mesmo, o Google Tradutor não dá conta desse tipo de adaptação. Além disso, se você colocar na ferramenta o nome de uma obra que já possui equivalente em outra língua, pode ser que não obtenha a tradução original, já que o Google Tradutor não possui esse tipo de informação em sua base de dados. Exemplo:

como usar o google tradutor

Hm… não faz muito sentido, né?

7) Traduzir verbos frasais

O inglês possui uma estrutura chamada de verbo frasal (phrasal verb), ou seja, um verbo que é formado por duas ou mais palavras, como por exemplo: put off (adiar), put away (guardar), look for (procurar) etc. E não é preciso que as palavras seja escritas uma ao lado da outra para que o verbo frasal faça sentido. Mesmo assim, nem sempre o Google Tradutor consegue entender que se trata de uma expressão só:

como usar o google tradutor

8) Traduzir preposições

Preposições são das palavras mais difíceis de traduzir, pois são utilizadas de forma diferente de uma língua para outra e nem sempre você tem uma tradução fixa para cada uma delas. Mas o Google Tradutor não sabe disso e pode gerar frases bem confusas quando você coloca uma frase com preposição. Neste exemplo, o to deveria ser usado como “a”, mas em vez disso foi traduzido como “para”, e aí a frase virou uma bagunça:

como usar o google tradutor

Oi?

Uma boa alternativa seria: “Tradutores têm ajudado muito a moldar as línguas para as quais traduzem”.

9) Traduzir mais de uma palavra ao mesmo tempo (principalmente quando pelo menos uma delas tem duplo sentido)

Quando colocamos mais de uma palavra no Google Tradutor, ele se comporta de uma forma um pouco diferente se comparado ao que faz quando consultamos uma palavra avulsa. Quando ela está acompanhada, a ferramenta costuma escolher um dos significados de cada palavra e nos mostra a combinação, que pode ser desastrosa:

como usar o google tradutor

Obviamente que no exemplo acima a ideia não era se referir ao idioma falado pelos porcos, e sim ao músculo da boca deles.

10) Adaptar diferenças culturais

Além de colocar textos em outras línguas, o trabalho do tradutor é fazer adaptações de uma cultura para outra. E isso o Google Tradutor não consegue fazer, principalmente quando  há algum conceito que inexiste no outro idioma.

Um exemplo são os trabalhos de conclusão de mestrado e doutorado, que chamamos de dissertação e tese, respectivamente. Nos EUA, por exemplo, é o contrário: costuma-se usar master thesis e doctoral dissertation. Mas se você colocar no Google Tradutor, não é isso que ele vai mostrar:

como usar o google tradutor

11) Traduzir grandes blocos de texto

Quando o assunto é quantidade de texto, o Google Tradutor se perde. Isso porque ele tem grande dificuldade em entender sintaxes (combinação da ordem das palavras) muito complexas. Por isso, se você copiar e colar grandes trechos de texto na ferramenta, a possibilidade de gerar alguma tradução errada é enorme.

como usar o google tradutor

Com certeza Machado de Assis está se revirando no túmulo com essa tradução de Dom Casmurro…

Como pudermos ver, é evidente que as ferramentas de tradução automática tem se tornado cada vez mais útil para nós, mas continuam deixando muito a desejar, pois ainda são incapazes de compreender as nuances da linguagem humana. Isso não significa que não possam ser utilizadas a serviço da tradução, mas devem ser aproveitadas com cautela. No fim das contas, elas não transformam nenhuma pessoa em tradutor. Para isso, é necessário ter muito tempo de estudo na área, algo que apenas tradutores com experiência possuem.

Para entender por que contratar um tradutor pode fazer toda a diferença no seu trabalho, leia nosso post sobre o assunto ou entre em contato com a gente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s